Descobrindo Charlotte Mason
Descobrindo Charlotte Mason
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Um método baseado no Código de Educação dos Evangelhos

Um método baseado no Código de Educação dos Evangelhos
Emanuelly Medeiros
jun. 29 - 3 min de leitura
000

Educar não é tão simples. Embora a mãe seja capacitada pelo próprio criador, isso não a desobriga de estudar para melhor cumprir sua missão. O desenvolvimento de uma criança em todos os seus aspectos é algo muito complexo e deve ser acompanhado pela sua mãe, cujo amor é o primeiro e principal agente na educação da criança. 

Para essa tarefa tão importante de Educar, um Método se faz muito necessário. Um método é um caminho para alcançar uma finalidade e é maior que um Sistema. O Método tem os Princípios como base e daí existem infinitas possibilidades para se "conduzir" a Educação.

Um Sistema é algo mais padronizado, mecanizado, calculado; ao passo que um Método é algo mais orgânico, personalizado, pois leva em consideração a atmosfera envolvida no lar, a personalidade da criança, suas inclinações e preferências. Cada criança é única e a Educação não deveria ser igual para todas as crianças. Para cada uma, o Espírito Santo dará um direcionamento segundo suas necessidades, realidades e talentos.

O Método que Charlotte propõe é baseado num Código de Educação, o qual se encontra no próprio Evangelho de Cristo. Esse Código é baseado em 3 proibições. Ao entendermos o que não somos permitidos fazer na Educação dos nossos filhos, fica bem mais fácil compreender o que podemos fazer. 

Esse Código possui apenas 3 artigos: Art.1°- Não ofender; Art.2°-Não desprezar; Art.3°- Não impedir nenhum desses pequeninos.

Nós ofendemos nossos filhos quando somos permissivos, deixando -os fazer coisas que não deviam ou, pior, quando nós mesmas fazemos por eles coisas que não deviam ser feitas, como quando damos alimentos prejudiciais para o corpo ou para a alma.

Nós desprezamos nossos filhos quando somos omissos em corrigi-los quando necessário. Mas para evitar de estarmos corrigindo, devemos, desde cedo, cultivar bons hábitos. A criança merece o melhor de sua mãe.

Por fim, precisamos estar cientes de que a criança naturalmente tem o coração voltado para Deus e cabe a nós não impedi-las. De que forma? Evitando de tomar as palavras sagradas em vão, mostrando o quanto Deus é importante nas nossas próprias vidas, o quanto Ele é amável e bondoso e proporcionando-a momentos ao ar livre, de contato com a natureza e a Criação, a qual muito nos ensina sobre Deus e nos aproxima dEle.

"Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos. Um dia discursa a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite. Não há linguagem, nem há palavras, e deles não se ouve nenhum som; no entanto, por toda a terra se faz ouvir a sua voz, e as suas palavras, até aos confins do mundo. Aí, pôs uma tenda para o sol, o qual, como noivo que sai dos seus aposentos, se regozija como herói, a percorrer o seu caminho. Principia numa extremidade dos céus, e até à outra vai o seu percurso; e nada refoge ao seu calor". (Salmos 19: 1-6).


Denunciar publicação
    000

    Indicados para você