Descobrindo Charlotte Mason
Descobrindo Charlotte Mason
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários

Apreciação artística no método Charlotte Mason

Apreciação artística no método Charlotte Mason
Emanuelly Medeiros
out. 5 - 2 min de leitura
010

 

Charlotte Mason valorizava bastante o papel da arte pictórica na Educação das Crianças. Ela fala sobre primeiro "Apreciar", para depois "Expressar". 

A apreciação artística é recomendada a partir dos 6 anos de maneira formal, como parte do currículo, mas isso não significa que uma criança menor não possa apreciar de maneira informal, muito pelo contrário! As belas obras de arte devem estar inclusas na Atmosfera do Lar da pequena criança, que desde cedo estará imersa num universo de beleza e cores.

Aos 6 anos, a criança deverá entrar em contato com um artista a cada trimestre (composto de 12 semanas), e apreciar, dentro desse período, cerca de 6 obras do mesmo artista (uma obra para cada quinzena). Ela então é convidada a observar atentamente a obra em questão e então narrar o que está vendo. Outro exercício seria pedir para que a criança observasse a obra durante 3 ou 4 minutos e então, retirando a imagem, pedir para que ela descrevesse a obra e/ou desenhasse um breve esboço. 

Os ganhos desse tipo de exercício são, dentre outros, o desenvolvimento do senso de beleza, fortalecimento da atenção e da observação, formação de imagens mentais (imaginação), aumento da percepção visual.

Antes ou depois da observação, a mãe poderia falar um pouco sobre a obra, a biografia do autor ou sobre o estilo, de forma a estimular a curiosidade da criança. 

Outra possibilidade seria associar o estudo do artista com o período histórico. Acredito que seja muito possível trabalhar desta forma, o que tornaria o estudo ainda mais interessante. Por exemplo, falando sobre pintores brasileiros, poderíamos trabalhar obras de Pedro Américo ("Independência ou Morte", por exemplo), associando com a História do Brasil.

Da mesma forma, muitos artistas retrataram diversas cenas bíblicas de forma esplêndida, sendo possível associar o Ensino Religioso e a Arte Pictórica (Leonardo da Vinci, Rembrandt). 

Trabalhando desta maneira, a apreciação artística se tornará um hábito não só para a criança, mas para toda a família e fonte de muito deleite!

Como bem disse Charlotte Mason: "Mas, de fato, as mentes das crianças e de seus superiores se acomodam ao que é colocado em seu caminho; e se as crianças apreciam o vulgar e o sentimental na arte é porque esse foi o tipo de arte a que se habituaram".


Denunciar publicação
    010

    Indicados para você